O Projecto TESA tem como missão combater a Malária, a Tuberculose, o HIV / AIDS e desafios emergentes de saúde pública por meio de pesquisas inovadoras, colaboração e parceria que impactam a capacitação em ensaios clínicos, comunicação e diálogo político na região sul de África.

TESA, na sigla inglesa, é um projecto de consórcio estabelecido em 2009, através do esforço colaborativo dos institutos de pesquisa da África Austral e Universidades envolvidas em Ensaios Clínicos. É uma rede composta por diferentes centros de pesquisas africanas e Europeias que colaboram com diferentes níveis de desenvolvimento e especialização, mas com um cenário de Pesquisa Clínica complementar. O projecto também foi criada como um mecanismo para fomentar a colaboração em pesquisa, por meio de esforcos de investimento em um caminho conjunto para o cenário de pesquisa clínica mais forte e sustentável.

A rede TESA tem uma orientação estratégica geral norteiada na criaçao de uma estrutura para colaboração, capacitação e treinamento entre os membros do consorcio e promover o fortalecimento saudável e cuidados de saúde personalizados a nivel da regiao de África.

A rede TESA tem um historial comprovado nos programas de pesquisa e Desenvolvimento  promovidos pela EDCTP os quais foram estabelecidos ao longo da última década entre os países africanos e europeus que participaram desde o primeiro programa EDCTP.

Actualmente, o projeto TESA esta na fase III em termos de implementação do programa financiado pela EDCP, o anterior -

- decorreu de 2017 a 2020 e presentemente, a fase III inicia ainda este ano e, é coordenado pela Fundação Manhiça (FM-CISM), onde Dr. Francisco Saúte é o Líder do consórcio e Eng. Rodrigues Matcheve é Gestor e Coordenador técnico do projecto.

Durante, o período da fase II (2017-2020), o projeto estabeleceu três Laboratórios de Referência (RL) específicos: ligado a Tuberculose, baseado na Universidade Stellenbosch (SUN) - Africa do sul), outra de HIV / AIDS, Parceria de Harvard do Botswana (BHP) baseado em Botswana, e outro de Malaria, baseado no Centro de Pesquisa em Saúde de Manhiça (CISM)-Moçambique e um Centro de Dados de Referência para otimizar o uso de recursos ao mesmo tempo em que garante o acesso, também baseado no CISM. Estas plataformas servirão como plataformas de treinamento e locais de controle de qualidade para parceiros menos avançados.

O objetivo geral do TESA é desenvolver, fortalecer e expandir as capacidades de pesquisa clínica na Região Sul de África, através da consolidação da Rede de Excelência TESA (NoE) para a realização de CT com os mais altos padrões de pesquisa nas doenças infecciosas responsáveis ​​pelos mais elevados morbidade e mortalidade na região.

Clica aqui para aceder ao website oficial.

 
fotofamilia.png

Parceiros do Projecto

EQUIPA

 
FSaúte.JPG

Francisco Saúte 

Líder do Consórcio

O Dr. Francisco Saúte é actualmente o Director Geral e interinamente a Diretor Científico do Centro de Pesquisa em Saúde da Manhiça. Ex-Diretor do Programa Nacional de Controle da Malária de Moçambique (NMCP) e Chefe da Divisão de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde em Moçambique. Ele também atuou como Conselheiro Residente da USAID para a Iniciativa da Malária do Presidente dos EUA em Angola (por 5 anos) e em Ruanda (2 anos).

O Dr. Francisco Saúte obteve o seu doutoramento em Epidemiologia da Malária pela Universidade de Barcelona, Espanha, o seu mestrado em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis pela Universidade de Londres e a sua licenciatura em Medicina pela Universidade de Eduardo Mondlane, Moçambique.