top of page

A IMPORTÂNCIA DO PRE-AWARD NUMA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA


Godifre Capinga, Gestor de Pre-Award do CISM

Pre-Award que traduzido para a língua portuguesa é a fase de Pré-Adesão ao financiamento, é o processo que ocorre desde a identificação de oportunidades de financiamento até a assinatura ou não do acordo de parceria, um processo que compreende comunicar os pesquisadores sobre a existência das chamadas para financiamento de projectos e o apoio na elaboração de propostas, para garantir que as regras impostas pelo doador sejam obedecidas.

A taxa de sucesso do CISM é em média de 60%.

Segundo, o Gestor de Pre-Award do CISM, Godifre Capinga, nos últimos cinco anos o CISM, submeteu cerca de 169 propostas a diferentes doadores e desde lá, a taxa de sucesso do Centro é em média de 60%. “Só para se ter uma ideia, em 2018, submetemos 51 propostas e 32 foram aprovados, em 2019, submetemos 29 e 16 foram aprovadas, em 2020, 26 propostas foram aprovadas contra as 43 submetidas, em 2021, 25 propostas foram submetidas e 16 aprovadas, e, em 2022, 11 projectos de 21 submetidos foram aprovados.”

É crucial a identificação das oportunidades de financiamento a tempo real

Mas para este desempenho é crucial a identificação das oportunidades de financiamento a tempo real, isto porque, em geral, os fundos para uma instituição implementar um projecto de pesquisa não aparecem do nada, e há muita concorrência de outras instituições sejam nacionais ou internacionais que buscam tais oportunidades, daí a importância da área do Pre-Award neste tipo de instituições, cujo papel consiste em identificar chamadas ou oportunidades de financiamento em que os interesses dos doadores e do Centro cruzam-se.

É muito importante o cruzamento dos interesses dos doadores com os do CISM

“É muito importante esta última parte (cruzamento dos interesses dos doadores e do CISM ou instituição que procura financiamento), pois para além de conhecer as regras do financiador, é preciso também verificar aspectos /interesses comuns para firmar uma parceria de financiamento, baseando-nos no foco da nossa instituição, e no caso do CISM, as áreas de pesquisa estão bem identificadas, nomeadamente a Malaria, TB&HIV, Doenças Bacterianas Virais e Outras Tropicais Negligenciais, Saúde Materna, Sexual e Reprodutiva e Estudos de População” comentou o gestor de Pre-Award.

O cumprimento dos prazos é crucial para o sucesso da proposta de um financiamento para a pesquisa.

Ainda segundo Capinga, o cumprimento dos prazos, é crucial para o sucesso da proposta de um financiamento para a pesquisa. “Como sabemos, antigamente as propostas eram submetidas no envelope via correio, ao longos dos tempos, o cenário mudou e passamos a enviar por email, mas actualmente, existem plataformas específicas em que o doador disponibiliza para submissão das propostas, e quando chega a data e hora do término a plataforma fecha e não aceita mais nenhuma submissão.

Para o CISM, vale muito a contribuição da AECID que junto ao Governo de Moçambique financiam o funcionamento estrutural do Centro.

Ainda segundo o Gestor do Pre-Award, antes de concorrer a uma oportunidade de financiamento, a instituição deve ter uma base, e para o caso do CISM, vale muito a contribuição da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) que junto ao Governo de Moçambique financiam o funcionamento estrutural do CISM. “Esta base ou financiamento é importante, pois há actividades que determinados doadores não financiam, nesses casos, a instituição auxilia-se desses fundos para pagar algumas actividades específicas que os outros doadores não estão dispostos a pagar,” conclui.


323 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page