top of page

ASTMH UM ESPAÇO DE PROMOÇÃO DA CIÊNCIA



Decorreu de 30 de Outubro à 3 de Novembro, em Seattle, Estados Unidos da América (EUA), a Conferência Anual da American Society of Tropical Medicine and Hygiene (ASTMH) a qual, contou com mais de 4.000 participantes presenciais, dos quais, 7 representantes do CISM.


Segundo o Director Científico do CISM, Pedro Aide, ali presente “é importante que os investigadores participem neste tipo de eventos, sobretudo porque a ASTMH é a maior organização científica do mundo em medicina tropical, e estas reuniões servem para expor os investigadores tanto seniores como juniores, mas especialmente aos juniores é uma plataforma para estabelecimento de contactos (networking) directo com outros investigadores, que muitas vezes trabalham na mesma área”.


“De facto, foi numa das conferências anuais do ASTMH que se estabeleceram os primeiros contactos para o arranque de vários projectos que o CISM é parte, de entre os quais, o projecto GENMOZ, por exemplo. Portanto, é de extrema importância a nossa participação neste tipo de eventos, não só pela exposição que os investigadores podem obter, mas também, porque é sobretudo um espaço de promoção científica, onde absorvemos informação de outras instituições, mas também expomos os nossos projectos”, comentou o Director Geral do CISM, um dos participantes da conferência.


“Aqui interessa também chamar atenção aos investigadores (sobretudo os juniores) que é possível participar das Conferências Anuais do ASTMH mesmo sem ter um financiamento da instituição ou do projecto em que está veiculado, através dos Travel Awards promovidos pela organização, para permitir que esses investigadores recebam bolsas de viagem e participação. E este ano, tivemos o exemplo da Caroline Kiuru, pesquisadora do ISGlobal e CISM, uma das apresentadoras na conferência, que ganhou uma destas bolsas, e que apresentou dados sobre a componente entomológica do projecto BOHEMIA”, acrescentou o Director Científico.


Apresentação de Hermínio Cossa, Investigador do CISM

“Um dos factos que me surpreendeu é que a minha apresentação (Assessing the Effects of Mining Projects on Child Health in Sub-Saharan Africa: A Multi-Country Analysis), foi das poucas, com enfoque para o impacto da mineração na saúde, e que despertou interesse nos participantes da sessão sobre saúde global. Isto para dizer, que o âmbito em que actuamos, não pode ser uma limitação, podemos sim submeter nossas propostas de apresentação ou poster sobre um determinado tema em saúde global, e ser aceite para uma das modalidades,” defende Hermínio Cossa, investigador do CISM, na área de Estudos de População.


O principal destaque da conferência foram estudos sobre a malária e mais de 50 temas (entre posters e apresentações) eram dados sobre Moçambique. Em malária, o principal destaque vai para dados sobre o projecto BOHEMIA, que contou com a participação presencial e virtual de mais 7 autores, com destaque para Caroline Kiuru, Felisbela Materrula, Eldo Elobolobo, Patrícia Nicolas, entre outros do CISM e do ISGlobal, que tiveram apresentações orais e posters.

168 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page