CISM EXPÕE CHAMPS NA FEIRA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM QUELIMANE



A Feira de Ciência e Tecnologia realizada no dia 10 de Novembro, por ocasião das celebrações do dia Mundial da Ciência pela Paz e pelo Desenvolvimento, visava promover a cultura científica, tecnológica e inovadora nas diversas instituições, através da exposição de produtos resultantes da investigação científica, do desenvolvimento tecnológico e da inovação.

Organizada pelo Serviço Provincial de Assuntos Sociais da Zambézia (SPASZ), a feira teve lugar no Instituto de Formação de Professores, na cidade de Quelimane e contou com a presença da Directora Nacional da Ciências, Tecnologia e Inovação; da Secretária de Estado da Província da Zambézia; do Administrador do distrito de Quelimane; de Reitores de instituições de Ensino Superior e de investigação; e de representantes de Empresas de base tecnológica e inovadores individuais.


O Centro de Investigação em Saúde da Manhiça (CISM), participou da exposição, apresentando as actividades realizadas na área Clínica e na área de Demografia, no âmbito do projecto de Vigilância de Saúde para Prevenir a Mortalidade Infantil, denominado CHAMPS (do Inglês Child Health and Mortality Prevention Surveillance) que consiste em monitorar as mortes em crianças menores de 5 anos de idade e em nados mortos para determinar as causas de morte, usando técnicas minimamente invasivas (MITS) e autópsias verbais. Portanto, o CISM expôs o material usado pelos inquiridores, numeradores e supervisores de campo (enumeração e tablets), realçando o significado do estabelecimento da Plataforma de Vigilância Demográfica e de Saúde para os estudos clínicos.


Na componente clínica, fez-se a demostração da composição de um kit de MITS e explicou-se como é realizado o processo, enfatizando as vantagens da realização das MITS, em relação a técnica de autópsias invasivas. Foi destacada a existência da “linha verde” do CISM e esclarecido o funcionamento do circuito de informação, desde a notificação até a entrega de resultados.

36 visualizações0 comentário