top of page

EDCTP: OPORTUNIDADE PARA REFORÇAR A COOPERAÇÃO E A SINERGIA ENTRE OS MEMBROS


Equipa do CISM presente no Forúm da EDCTP

Marcado pela celebração das suas duas décadas de existência, o décimo primeiro fórum da Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos (EDCTP) decorreu em Paris, França, de 07 a 10 de Novembro, com objectivo de fortalecer a cooperação global em pesquisa na preparação e resposta a surtos de doenças em emergências de saúde pública, e no fortalecimento dos sistemas de saúde, e foi co-organizado pelo Ministério do Ensino Superior e da Investigação de França, a Agência Francesa de Pesquisa em Doenças Infecciosas Emergentes, o programa EDCTP (EDCTP2) e pela Empresa Comum Saúde Global EDCTP3.


Sob o lema “Parcerias para a Inovação e o Impacto da Investigação em Saúde Global em África”, o evento juntou instituições membros provenientes de países da Europa e da África Subsariana, na qual o Centro de Investigação em Saúde da Manhiça foi representado por cerca de 20 Investigadores, dos quais sete realizaram apresentações orais e cinco em poster sobre ensaios clínicos realizados na Manhiça e financiados pela EDCTP.


Ao abordar sobre a Desigualdades na Saúde Global e uma sessão plenária, Francisco Saúte, Director Geral do CISM, que participou como orador,enunciou que "há determinantes sociais específicos de cada lugar em Moçambique que faz com que a prevalência da malária varie. Se não investigarmos e tentarmos recolher dados fiáveis específicos de cada lugar, a malária nunca desaparecerá". O Director do CISM partilhou também sua experiência com jovens investigadores de vários países que participaram da sessão "Meet the Expert". Esta última, visava dar aos jovens investigadores a possibilidade de participar em reuniões de grupo com peritos de renome no domínio das doenças relacionadas com a pobreza e das doenças infecciosas negligenciadas em debates informais onde os jovens investigadores apresentar as suas perguntas e adquirir conhecimentos.

Uma mudança de paradigma

Nesta reunião multidisciplinar, coube ao CISM organizar a sessão “Uma mudança de paradigma para uma liderança local e equilibrada em termos de género, promovendo parcerias equitativas e a próxima geração de líderes africanos, estudos de caso PAMAfrica-SINDOFO”. Jéssica Dalsuco, médica e pesquisadora do CISM, apresentou o tema Progressão na carreira de investigação clínica para futuros líderes, abordando os desafios em termos de género e de oportunidades através de um diploma avançado e de formação prática para enriquecer os ensaios clínicos africanos no ecossistema africano, onde usou da teoría de Fagenson´s para ressalvar que “a progressão na carreira das mulheres em qualquer organização é influenciada por factores sociais e sistemáticos e que as atitudes culturais e sociais em relação às responsabilidades de género influenciam as percepções das funções e responsabilidades profissionais".

Tornar o diagnóstico da TB acessível

O fórum se constitui como uma plataforma para discussão de ensaios clínicos para todos os envolvidos no combate às doenças relacionadas com a pobreza e também uma oportunidade para reforçar a cooperação e a sinergia entre os membros da EDCTP. Tornar o diagnóstico acessível foi o tema da sessão em que Marta Gabriel Cossa, médica e pesquisadora do CISM, apresentou os resultados de "Um algoritmo de testagem para o diagnóstico de TB em doentes internados com o HIV", do ensaio clínico EXULTANT do projecto TB-CAPT, financiado pela EDCTP que inclui uma série de ensaios clínicos realizados na Tanzânia, Moçambique e África do Sul com vista a avaliar o impacto das intervenções de diagnóstico nos resultados, incluindo os efeitos da expansão das estratégias de teste da TB às pessoas que vivem com HIV. Os ensaios foram concebidos para ter em conta a epidemiologia local, bem como as infraestruturas existentes, e comparam as novas estratégias com os actuais padrões de cuidados.


O TESA III (Trials of Excellence in Southern Africa), uma Rede Regional de Excelência criada através do esforço de colaboração dos institutos de investigação e universidades da África Austral envolvidos em Ensaios Clínicos, foi representado por Rodrigues Matcheve, Gestor do Projecto e Coordenador do TESA, como um exemplo de Rede de Excelência da EDCTP em África que trabalha em prol de ensaios clínicos com impacto, através da investigação colaborativa na África do Sul do Sahara, no qual se referiu ao Projecto de Certificação de Centros de Dados do CISM a ser feita pela Rede de Infraestruturas Europeias de Investigação Clínica (ECRIN) e a TAGEND que aborda as lacunas regionais em termos de género e diversidade na capacidade de investigação clínica.


A Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos (EDCTP) é uma parceria público-privada entre países da Europa e da África Subsariana, apoiada pela União Europeia que tem como objectivo reforçar a capacidade de investigação e acelerar o desenvolvimento de intervenções médicas novas ou melhoradas para a identificação, tratamento e prevenção de doenças infecciosas relacionadas com a pobreza, incluindo doenças emergentes e reemergentes na África Subsariana, através de todas as fases dos ensaios clínicos da fase II e III.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page