top of page

EQUIPA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DO PROGRAMA CHAMPS VISITA MANHIÇA E QUELIMANE

Atualizado: 18 de set. de 2023


Equipa da Emory University do programa Vigilância de Saúde da Criança e Prevenção da Mortalidade (CHAMPS), visitou no dia 22 de Junho as actividades do CISM no distrito da Manhiça, em Maputo, e no dia 24 de junho o distrito de Quelimane, na Zambézia. A visita, decorreu no âmbito do Data to Action, actividades que ressaltam a importância do uso de dados do CHAMPS para acções específicas de saúde pública com impacto directo na vida das comunidades onde o CHAMPS está sendo implementado.


No distrito da Manhiça, Cynthia Whitney, Portia Mutevedzi, Daiana Blau e Scott Dowell visitaram o Hospital Rural de Xinavane e puderam reunir com os membros da comunidade (gestores e beneficiários) para acompanhar os resultados da Estratégia de Transporte, uma iniciativa do CISM para ambulâncias comunitárias. Já na Localidade de Manchiana, os membros da comunidade matronas e mães de diferentes bairros) contaram suas experiências e ganhos resultantes das campanhas de nutrição através de demonstração culinária para alimentação de crianças menores de 5 anos, implementadas pelo CISM, em colaboração com os Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Acção Social, cujo objectivo é a redução do nível de desnutrição infantil no distrito, que é tida como uma das principais causas da mortalidade entre crianças menores de cinco anos.


Os visitantes estiveram também no distrito de Quelimane, onde presenciaram, no Posto Urbano 4, Bairro de Manhau, o procedimento de registro de participantes, no âmbito da Vigilância de Gravidezes, com dados obtidos durante o senso do CISM no distrito, assim como sistema de identificação do agregado familiar.


Nesta senda, a Equipa do Escritório Central do programa CHAMPS reuniu ainda com a Direcção do Centro de Investigação em Saúde da Manhiça e as direcções do Hospital Rural de Xinavane, Hospital Central e Geral de Quelimane.


O programa CHAMPS é implementado em Moçambique pelo CISM, em colaboração com o Instituto Nacional de Saúde (INS). Esta vigilância é coordenada pela Universidade de Emory com financiamento da Fundação Gates e conta com o Dr. Inácio Mandomando como Investigador Principal do programa no país.

42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page