MULHERES GRÁVIDAS CONSTITUEM GRUPO DE RISCO À TUBERCULOSE


Imagem: DC Studio (online)

A Tuberculose (TB), é uma das principais causas de morbilidade e mortalidade em mulheres com idade fértil, de acordo com o Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2020. A mesma fonte refere que das 3,2 milhões de mulheres que desenvolveram a TB, 446.880 morreram da doença e destas 74.880 tiveram mortes associadas ao HIV/SIDA. Para a OMS, a tuberculose tem sido associada a consequências graves para as mulheres nos seus anos reprodutivos, e especialmente na altura da gravidez, uma vez que é uma das principais causas não obstétricas da mortalidade materna, e que se não for tratada, a TB durante a gravidez pode ser associada a uma taxa de mortalidade de até 40%.