O QUE FAZEMOS?

O CISM impulsiona e conduz investigação biomédica em áreas prioritárias de saúde, centrando-se nas doenças que causam a maioria das mortes no mundo, especialmente nos países em vias de desenvolvimento. Gera também evidência científica, capaz de influenciar a elaboração e actualização de políticas sanitárias em Moçambique e no mundo, e cria líderes científicos não somente para a sustentabilidade do Centro e para o desenvolvimento das capacidades de investigação em saúde em Moçambique, como também para liderar o desenvolvimento do país no sector da saúde.

 

Através de suas acções de pesquisa na área de saúde, o Centro pretende contribuir para a melhoria da saúde da população, num contexto em que o acesso limitado à energia eléctrica e à água potável, o deficiente saneamento do meio, o reduzido acesso a serviços de saúde de qualidade e iniquidades de género sobretudo o acesso limitado a educação em particular das mulheres, influenciam na pobreza.

 

Os eixos de compromisso estratégico do CISM foram estabelecidos em harmonia com as prioridades nacionais na área de saúde de Moçambique, que apresenta um perfil epidemiológico caracterizado principalmente por doenças infecciosas e transmissíveis em particular a malária, diarreia, HIV/SIDA, infecções respiratórias e tuberculose, incluindo situações impostas por emergências sanitárias.