O CISM impulsiona e conduz pesquisa biomédica em áreas prioritárias de saúde para promover e salvaguardar a saúde das populações mais vulneráveis

Para levar a cabo as suas actividades de pesquisa o centro conta com os serviços e plataformas de apoio à pesquisa

saiba mais

 

O CISM cria líderes científicos que contribuem para o desenvolvimento das capacidades de investigação em saúde em Moçambique

Iniciou a 5ª fase do estudo portadores (portadores 5) sob o financiamento da Gates Foundation e da USAID Mozambique. Este estudo, visa avaliar o impacto da mudança da formulação da vacina anti-pneumocócica conjugada 10-valente (PCV10) para 13-valente (PCV13), e a mudança do esquema de Vacinação de 3+0 sem dose de reforço (três doses primárias administradas aos 2, 3 e 4 meses de idade) para 2+1 (duas doses primárias e uma dose de reforço, administradas aos 2, 4 e 9 meses de idade), no programa alargado de vacinação.

Um estudo coordenado por Justina Bramugy, médica e pesquisadora do CISM e Humberto Mucasse que coordenou a componente de avaliação de neuro-desenvolvimento, constatou que crianças que tiveram sepses (infecções generalizadas no sangue) e meningites (infecções das membranas que envolvem o cérebro e outros órgãos do sistema nervoso) tiveram sequelas que afectaram o seu neurodesenvolvimento.

IMG_5501 (2).JPG
background3 (2).png

Uma das licções de um Policy Brief, apresentado no o 1º Fórum de Pesquisa em Saúde na Indústria Extractiva, revela que os projectos de extracção de recursos têm impactos positivos e negativos na saúde resultantes de mecanismos que devem ser analisados de forma sistemática, pois, a não avaliação destes impactos pode aumentar as desigualdades existentes na saúde.