DSCF8619-2.jpg

SAÚDE MATERNA, SEXUAL

E REPRODUTIVA

O QUE FAZEMOS?

A implementação das actividades desta área, toma em consideração 3º Objectivo de Desenvolvimento Sustentável que define como prioridades até 2030 as seguintes: reduzir a taxa de mortalidade materna, acabar com as mortes evitáveis de recém-nascidos e crianças menores de 5 anos, com foco no período neonatal, e assegurar o acesso universal aos serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planeamento familiar, informação e educação, bem como a integração da saúde reprodutiva em estratégias e programas nacionais.

Moçambique continua a enfrentar dificuldades na redução da mortalidade neonatal e materna. A taxa de mortalidade materna passou de 500.1 para 451.6 para cada 100.000 nascimentos vivos, enquanto que a taxa de mortalidade infantil passou de 93.6 em 2007 para 67.3 em 2017 (INE, Censo 2017).

Principais objectivos

  • Contribuir na geração de conhecimento sobre a eficácia e segurança de novos fármacos e vacinas usados na gravidez

  • Contribuir na geração de conhecimento sobre a epidemiologia, determinantes de saúde e fisiopatologia que Afectam a mulher durante a gravidez e puerpério

  • Contribuir na geração de conhecimento sobre formas inovadoras de acesso, uso e impacto das intervenções na saúde materna e reprodutivas

  • Impulsionar a avaliação de ferramentas inovadoras que facilitem o acesso aos cuidados de saúde da mulher grávida e vulnerável

 
 

EQUIPA

Dra. Tacilta Nhampossaweb.jpg
  • LinkedIn - círculo cinza

Tacilta Nhampossa

Coordenadora

Dra. Tacilta Nhampossa é Pediatra, mestre e doutora em Saúde Pública. Imediatamente após se formar na Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane em Maputo, Moçambique, em 2003, juntou-se ao Programa de Estágios de Bolsas do Centro de Investigação em Saúde da Manhiça (CISM) enquanto mantinha afiliação no Instituto Nacional de Saúde (INS) o ramo de pesquisa do Ministério da Saúde em Moçambique. Desde 2017 é Coordenadora da área de investigação em HIV no CISM, tendo sido anteriormente Medica-Chefe no distrito de Homoine, província de Inhambane durante 2004-2006 e Chefe do Departamento Clínico do CISM durante 2006-2009. Durante esses anos, ela também foi coordenadora clínica em vários trabalhos de pesquisas, incluindo doenças diarreicas, desnutrição e HIV.

 Baixar o CV aqui

PROJECTOS

 

Outros projectos em curso 

  • ASAP. Assessment of the safety of antimalarial drugs during early pregnancy

  • ASART-PREG. Assessment of safety of antiretroviral drugs used during pregnancy

  • CLIP-TRIAL. Community Level Interventions for Pre-eclampsia, cluster randomized controlled trial

  • COACH. Avaliar a incidência de fístulas e o grau de satisfação dos utentes em relação aos serviços prestados; explorar as necessidades não satisfeitas dos serviços obstétricos nas províncias de Maputo e Gaza, Moçambique

  • Preg-multidrug. Understanding the determinants of the effectiveness of HIV control strategies targeting HIV-infected pregnant women in Mozambique

  • PRECISE. Pregnancy Care Integrating Translational Science, Everywhere - The precise network Study protocol

  • PeriCOVID. Monitorar as implicações da COVID-19 nos resultados dos cuidados de saúde e na resposta imune das mulheres grávidas e seus bebés

  • SAAJ. Determinants of access to reproductive health services among adolescent and youth in Maputo and Gaza Provinces​TIP TOP - Tratamento Intermitente em mulheres grávidas nos Distritos de Nhamatanda e Meconta​

DSCF0280.jpg

PUBLICAÇÕES

Área ainda em construção

EM

BREVE