top of page

CISM E KENMARE JUNTOS NO COMBATE CONTRA A MALÁRIA

Atualizado: 2 de nov. de 2023


A malária, continua sendo um dos principais problemas que afecta a Saúde Pública, particularmente em populações vulneráveis tais como mulheres grávidas e crianças, resultando em custos adicionais para o Sistema Nacional de Saúde, sendo endémica em todo país com transmissões que ocorrem durante todo o ano, porém, os picos são registados durante a estação chuvosa (Novembro a Abril). Em resposta, no âmbito da sua responsabilidade social, a KENMARE RESOURCES uma empresa de mineração que opera na província de Nampula, mais concretamente nos distritos de Larde e Moma, e a Fundação Manhiça entidade gestora do Centro de Investigação em Saúde de Manhiça (CISM) juntaram esforços para o desenvolvimento e consolidação de uma colaboração no âmbito da assistência sanitária e apoio ao desenvolvimento da Saúde em Moçambique.

O projecto vai propor acções e intervenções rápidas, baratas, fáceis e eficazes para o controlo da malária

Através desta parceria, o CISM com o financiamento da Kenmare Resources irá realizar um projecto de pesquisa para avaliar os factores entomológicos e socio-comportamentais para a transmissão da malaria. O projecto, vai informar os desafios existentes para o controlo da doença e propor acções e intervenções rápidas, baratas, fáceis e eficazes para o controlo da malária nos distritos selecionados. “Ainda no âmbito do mesmo projecto, através de estudos sociais, iremos avaliar os factores sócio comportamentais, incluindo conhecimentos, atitudes e práticas de saúde comunitária (e individual) em relação à malária e medidas de controlo relacionadas”, comenta Hermínio Cossa, Responsável da Área de Estudos de População do CISM.


Dados do IV Recenseamento Geral da População e Habitação (2017) realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), indicam que depois da cidade de Nampula, os distritos de Moma e Larde são os mais populosos da província, onde a maioria dos agregados familiares é islâmica, com uma média de 5 a 7 membros por agregado familiar e uma taxa de alfabetização acima de 52% (variando de acordo com a faixa etária).

Nos dois distritos, a malária é a principal causa de consulta nas unidades sanitárias

Segundo informações providenciadas pelas autoridades de saúde dos dois distritos onde o estudo será implementado, a malária é a principal causa de consulta nas unidades sanitárias, particularmente entre crianças menores de cinco anos, e nos últimos 10 anos, Kenmare Resources tem estado a apoiar um conjunto de intervenções contra a doença, como é o caso das redes mosquiteiras tratadas com insecticida (RMTI) e pulverização intradomiciliária (PIDOM), com o objectivo de mudar o cenário.

As Redes Mosquiteiras Tratadas com Insecticida, são uma das actuais medidas de controlo actualmente recomendadas

Trata-se de estudos transversais que irão compreender 2 componentes, nomeadamente a entomológica do mosquito e a de Conhecimentos Atitudes e Práticas (CAP) em relação a malária, e está previsto que as actividades de campo, incluindo a recolha de dados iniciem nos próximos dias, e tenham uma duração de dois meses. Estas irão envolver membros adultos das comunidades (bairros e aldeias) das localidades de Pilivili e Topuito por se encontrarem nas proximidades dos campos de mineração das Areias Pesadas da Kenmare Resources, como também, stakeholders que trabalham nas intervenções da Malaria e o sector de Saúde local.


Segundo Pedro Aide, Investigador Principal do estudo, a recolha de dados irá consistir na aplicação de várias técnicas entomológicas para a captura de vectores da malária (mosquitos) dentro e fora das casas dos participantes voluntários, inquéritos, entrevistas e discussões de grupos focais com membros adultos da comunidade.


Espera-se que os resultados da pesquisa, tragam evidências claras sobre os factores que influenciam os resultados das intervenções feitas nos últimos anos no controlo de casos de malária (e.g.. fatalidades atribuídas à malária), e que sejam também úteis no delineamento de novas recomendações mais eficazes para o controlo vectorial naquela região.


Recordar que, os dois distritos são caracterizados pela actividade mineira de larga escala desde 2010, sendo que a mineração artesanal e de pequena escala ocorre apenas a norte do distrito de Moma, no posto administrativo de Chalaua. Os minérios extraídos incluem as areias pesadas, pedras preciosas e ouro.

203 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page