DEMOGRAFIA PREPARA CENSO PARA QUELIMANE


Demografo e equipa de inquiridores do CISM administrando um consetimento a um agregado familiar de Mopeia

O departamento de Demografia, liderado por Charfudin Sacoor, está a preparar no âmbito do programa CHAMPS, um censo para o distrito de Quelimane, na Província da Zambézia. O censo visa fornecer dados fiáveis sobre crianças menores de 5 anos, mulheres em idade reprodutiva, fecundidade, mortalidade e causas de mortes entre outros dados demográficos relacionados. A realização deste censo permitirá a implantação de um Sistema de Vigilância Demográfica que prevê-se que possa vir a contribuir também para a notificação de óbitos comunitários e estudar a distribuição espacial mesmos.


Segundo Sacoor, “estima-se que a população do distrito de Quelimane seja cerca de 349.842 afectos a cerca de 83.942 agregados familiares. E com este censo, esperamos estabelecer uma plataforma de vigilância demográfica que possa gerir dados de base sobre agregados familiares e população (criança menores de 5 anos de idade e mulheres em idade reprodutiva) baseado num censo seguido de rondas de actualização das características socioeconómicas e demográficas desses participantes e das características dos seus agregados familiares”.


Ainda segundo Sacoor, “o censo irá produzir indicadores demográficos de qualidade com um teor longitudinal, o que é importante para análises de indivíduos, grupos, assim como para identificação de mudanças ao longo do tempo. Será também útil para avaliar e monitorar programas de saúde, testagem de novas vacinas, terapias e/ou estratégias sobre cuidados de saúde, e posteriormente para apoiar na elaborar políticas socias e de saúde.


A semelhança da plataforma demográfica instalada no distrito da Manhiça pelo CISM desde 1996, no distrito de Quelimane, todos agregados passarão a estar geoposicionados e enumerados, e todos membros do agregado terão um número de identificação. Para além da enumeração, serão igualmente realizadas actividades de mobilização comunitária; recenseamento dos agregados, crianças menores de 5 anos e mulheres em idade reprodutiva; bem como, a identificação de óbitos e posterior realização de autopsias verbais. Posteriormente, será instaurado um call center, onde as comunidades poderão reportar diversos eventos pela linha Grátis.


O Departamento de Demografia vem implementado desde 1996 um Sistema de Vigilância Demográfica (SVD) no distrito de Manhiça composto pela plataforma geográfica e a plataforma demográfica. Estas plataformas são cruciais para o desenvolvimento de estudos de investigação em saúde uma vez que fornecem dados e indicadores demográficos que permitem medir o impacto das diferentes intervenções, localizar e dar seguimento aos participantes dos diferentes estudos, seguir as tendências demográficas da população, elaborar mapas precisos de distribuição das doenças na área de estudo entre outras potencialidades. Esta experiência de uso de plataforma demográfica foi transferida nos últimos anos para 4 grandes estudos em curso dos quais no âmbito do estudo CLIP em 12 conglomerados em Gaza e Maputo, no âmbito da iniciativa de eliminação de Malária (MALTEM) no distrito de Magude, no âmbito do estudo COST e posteriormente do estudo BOHEMIA no distrito de Mopeia, na Zambézia.

111 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo