O DIRECTOR DO HOSPITAL CENTRAL DE QUELIMANE RECONHECE CONTRIBUTO DO CHAMPS

Atualizado: Jul 12



Numa reunião com a equipa de Comunicação do Centro de Investigação em Saúde de Manhiça

Ladino Suade, Director do HCQ

(CISM), no âmbito da recolha de histórias de sucesso do programa CHAMPS (Child Health and Mortality Prevention Surveillance), o Director do Hospital Central de Quelimane, Dr. Ladino Suade, reconheceu a contribuição deste programa para a redução das taxas de mortalidade infantil.


O director daquela unidade hospitalar considera que o estudo, realizado em crianças menores de 5 anos, facilita na intervenção clínica, visto que, os médicos passam a conhecer as reais causas de morte no distrito o que incentiva a busca de melhores formas de tratamento.


Ainda de acordo com a fonte, “o programa CHAMPS trouxe ganhos para o Hospital porque houve mudança na abordagem de tratamento de doenças aos menores e, consequentemente, verificou-se a redução da taxa de mortalidade infantil na faixa etária em estudo.” Para além disso, Dr. Ladino, destacou o contributo que o HCQ tem recebido pelo programa, nomeadamente o reforço da capacidade técnica e laboratorial do hospital, através da contratação de pessoal técnico com capacidades para responder a departamentos específicos, da aquisição de novos equipamentos, reagentes e insumos hospitalares para o laboratório, bem como, da capacitação para os profissionais de saúde, que contribuiu significativamente para a melhoria da capacidade de assistência médica.


Enfatizou que “com base no conhecimento das causas da mortalidade infantil, o HCQ, implementou um novo circuito que envolve a chegada da criança, observação, exames laboratoriais, estabelecimento de um diagnóstico definitivo e o seu respectivo tratamento”. E recomendou que, ″o ideal, seria que este programa fosse alastrado para todas as províncias do país, ou, aquilo que foi o resultado do estudo, seja publicado e difundido em todos serviços de saúde incluindo a assistência privada, para garantir que, toda a criança da faixa etária em questão receba um diagnóstico e tratamento adequado”.


O HCQ é actualmente um grande parceiro para a implementação do programa na província da Zambézia. É o único local onde são realizadas as MITS no distrito de Quelimane. Até então já foram recrutados cerca de X casos, dos quais, X já receberam os seus resultados. Para além das intervenções a nível da unidade hospitalar, o programa CHAMPS tem desenvolvido outras acções interligadas no âmbito da estratégia de envolvimento comunitário, tal é o caso da formação de jornalistas realizada no ano passado, a qual contou com 27 participantes.

Encontro entre a Equipa de Comunicação do CISM e o Director do HCQ

Ainda no âmbito da estratégia de envolvimento comunitário do programa CHAMPS, o CISM irá organizar entre os dias 21 e 22 de Abril, uma formação de porta-vozes dirigida a líderes de instituições públicas do sector de saúde, com vista a capacitá-los em práticas de relacionamento com a imprensa, cujo o propósito é de maximizar a colaboração entre os diferentes intervenientes e/ou partes interessadas provenientes de instituições públicas do sector de saúde a nível provincial. Nesta capacitação, para além da participação de representantes das diversas instituições de saúde a nível local, poderão fazer parte, representantes dos distritos de Mocuba e Mopeia. Espera-se que os participantes adquiram ferramentas que os ajude a transmitir informação sobre saúde, mais concretamente acerca da mortalidade infantil, de maneira eficiente e que deste modo possam melhor influenciar as comunidades.

4 visualizações0 comentário