TERMINA O PROJECTO SISMAG


Decorreu entre os dias 04 e 06 de março, no distrito de Bilene, província de Gaza o último workshop do projecto SISMAG. Este workshop, tinha de entre vários objectivos, realizar uma avaliação preliminar do projecto, bem como a apresentação, reconciliação e balanço das actividades desde o primeiro ano de implementação (2017) até 2021. O worskhop que contou com a presença de todos Oficiais Distritais de Monitoria, Avaliação e Aprendizagem (DMELOS) dos diversos distritos em que o projecto é implementado, do Coordenador do Projecto e do Assistente do Projecto, foi o último evento de confraternização do projecto que termina no dia 31 do corrente mês.


De lembrar que o projecto SISMAG, conta com o financiamento da Comic Relief e da GSK e visava melhorar a qualidade dos dados para contribuir para os esforços de melhoria da vigilância e eliminação da malária. Para tal, o projecto advogou a descentralização do SISMA através do estabelecimento de uma parceria forte com a Direcção Provincial de Saúde com vista a recolha e uso de dados de qualidade.


O projecto centrou-se na capacitação de técnicos distritais e das unidades sanitárias sobre a base de dados eletrónica e reportagem, incluindo a avaliação da qualidade de dados, mentoria de técnicos responsáveis pela reportagem de dados e supervisão de apoio técnico, procurement para aquisição de tablets e outros equipamentos eletrónicos ou físicos (livros de registo, fichas, etc.) para as unidades de saúde e APES e, capacitação sobre o uso de dados para a tomada de decisões a nível da unidade sanitária e do distrito.

Em Balanço dos 4 anos de Implementação destacaram a contribuição do projecto SISMAG para a formação de Comités de Avaliação de Qualidade de Dados em 14 distritos da Província de Gaza, com objectivo de melhorar a qualidade de dados de malária reportados pelas Unidades Sanitárias para o SISMA e uso dos dados para tomada de decisão. Por exemplo, conforme a imagem abaixo, no distrito de Bilene houve melhoria da qualidade de dados. No início do projecto este distrito tinha dados de baixa qualidade, mas com a introdução do projecto SISMAG os dados melhoraram de 0% a 4% do desvio padrão segundo as normas do MISAU na classificação de dados de boa qualidade.


No entanto, durante os 4 anos de implementação deste projecto foi possível, descentralizar o SISMA das sedes distritais para 115 Unidades Sanitárias da província numa cobertura de 76% de USs que geram, analisam e digitam os dados, melhorar a taxa de completude e reportagem dos relatórios (com uma evolução positiva de 44% desde o início do projecto em 2017, e expandir as actividades para os 14 distritos da Província de Gaza, de forma que toda a província pôde beneficiar das intervenções deste projecto.


Para que a vigilância da malária fosse possível, o projecto contribuiu em formações para os profissionais de saúde de vários distritos, fornecimento de materiais e equipamentos que possibilitaram o registo e rastreio de casos de malária, tais como as fichas de resumo mensais e livros de registos. Estas acções contribuíram para o fortalecimento da estratégia de vigilância da malária, mais concretamente, o registo e documentação dos casos de malária na província.

Directora Provincial de Saúde de Gaza, Mulassua Simão,

Recordar que recentemente, o projecto obteve reconhecimento por parte do governo provincial, através da Directora Provincial de Saúde, Mulassua Simão, destacando que o equipamento de protecção individual oferecido através deste projecto, permitiu que os profissionais de saúde pudessem continuar a exercer as suas actividades de forma segura e eficiente, durante este período crítico devido a COVID-19.

3 visualizações0 comentário